POUQUINHO DE MIM ^^,

Minha foto

SOU ASSISTENTE SOCIAL, E ESPECIALISTA EM GESTÃO PÚBLICA EM ASSISTÊNCIA SOCIAL. TRABALHO COMO PERITA SOCIAL NA JUSTIÇA FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO. 
Meus BLOGs
Cantinho da Gastroplastizada Assistente Social Karla Freitas
Cantinho da Assistente Social Karla Freitas

Translate

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

17 de mai de 2010

atribuições dos Assistentes Sociais nos CREAS

Art. 16 - São atribuições dos Assistentes Sociais nos CREAS, além daquelas definidas no Manual de Descrição de Função da SEDEST:



I – garantir o planejamento das ações a serem executadas, observando o mapeamento/pré-diagnóstico realizado para execução das ações de Abordagem de rua;



II – contribuir para a implementação das ações da unidade;



III – promover abordagem junto aos usuários de forma a esclarecê-los quanto à natureza da intervenção da SEDEST no tocante a proteção social visando à segurança de sobrevivência, de acolhida, convívio e vivência familiar;



IV – assessorar e subsidiar teórico-metodologicamente o trabalho realizado pelos agentes sociais;



V – realizar visitas domiciliares;



VI – prestar atendimento socioassistencial individual e/ou grupal aos usuários do CREAS;


VII – participar de reuniões com a Gerência de Acompanhamento das Ações da Proteção Social Especial de Média Complexidade e Diretoria de Proteção Social Especial, subsidiando a elaboração de propostas de trabalhos;



VIII – elaborar plano de intervenção junto aos usuários atendidos na unidade, bem como o acompanhamento das intervenções realizadas;



IX – acompanhar os encaminhamentos realizados de modo a garantir atendimento integral e de qualidade ao usuário;


X – elaborar relatórios circunstanciados acerca da denúncia de violação de direitos recebida, e encaminhá-los para a rede de proteção social e ao sistema de defesa de garantia de direitos no âmbito do Distrito Federal;



XI – garantir a plena informação e discussão sobre os serviços e projetos da SEDEST e da rede de serviços socioassistenciais respeitando as decisões dos usuários de forma a promover sua proteção social;


XII – proceder à articulação com outras instituições objetivando viabilizar o atendimento dos usuários;


XIII – discutir e elaborar conjuntamente com os outros técnicos, estudos de casos e relatórios sócio-assistencial;


XIV – elaborar e encaminhar ao Conselho Tutelar, Vara da Infância e da Juventude, Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente, relatórios técnicos com informações sobre a violação de direitos dos usuários e/ou para subsidiar decisões sociojuridicas, quando necessários; e



XV – proceder a registros de dados dos atendimentos realizados para fins de sinopse estatística da unidade.

fonte: http://www.sedest.df.gov.br/sites/300/382/00000552.pdf

Um comentário:

Anônimo disse...

as atribuições se confundem com as do coordenador, e no final das contas parece que a assistente social não faz nada, dificil tambem é conseguir articular a rede e VER de fato o resultado.

VOCÊ TAMBÉM PODE SE INTERESSAR POR ESTES POSTS

Related Posts with Thumbnails